Portal do Uíge e da Cultura Kongo

Portal do Uíge e da Cultura Kongo

Página de informação geral da Província do Uíge e da Cultura Kongo


Diocese do Sumbe tem um novo bispo

Publicado por Muana Damba activado 22 Mayo 2013, 13:15pm

Etiquetas: #Religião

 


O Papa Francisco nomeou ontem o padre Luzizila Kiala como bispo da Diocese de Sumbe.

 

Até agora vigário geral e pároco da catedral na Diocese do Uíge, o padre Luzizila Kiala, do clero diocesano do Uíge, nasceu a 19 de Novembro de 1963 no município da Damba, província do Uíge, frequentou o Seminário Filosófico de São Paulo do Uíge e o Seminário Maior de Cristo Rei do Huambo, onde recebeu a formação filosófica e teológica.


Foi ordenado sacerdote a 23 de Agosto de 1992 e mais tarde obteve o doutorado em Teologia Espiritual pela Pontifícia Universidade Gregoriana.


Após a ordenação, exerceu os cargos de director espiritual do Seminário do Uíge, vigário episcopal e professor do seminário, vigário geral da Diocese do Uíge, e pároco da Sé Catedral, entre muitos outros cargos.


A Diocese do Sumbe, criada em 1975, é sufragânea da Arquidiocese de Luanda, conta com uma área de 60 mil quilómetros quadrados e uma população de 1,19 milhões de habitantes, dos quais 370 mil são católicos. O novo bispo do Sumbe sucede ao arcebispo D. Benedito Roberto, transferido para a sede Metropolita de Malange, em Abril do ano passado.

Papa nega exorcismo

O porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, disse aos jornalistas que o Papa “não quis fazer nenhum exorcismo” no último sábado, quando abençoou um jovem em cadeira de rodas, na Praça de São Pedro. O responsável reagiu, na segunda-feira, às notícias colocadas a circular na internet e em vários meios de comunicação social, explicando que Francisco se limitou “a rezar por uma pessoa em sofrimento”, que lhe foi apresentada, como “costuma fazer pelas pessoas doentes e que sofrem”.


O Papa cumprimentou vários doentes no final da missa do último domingo, como faz desde o início do pontificado, e aproximou-se de um rapaz acompanhado por um padre, que falou com Francisco, antes deste impor as suas mãos na cabeça do jovem.


O canal de televisão da Conferência Episcopal Italiana, TV2000, vai dedicar uma emissão especial a esta questão, na sexta-feira.


O Papa lembrou ontem as vítimas do tornado que na segunda-feira devastou algumas cidades do Oklahoma, nos Estados Unidos, e matou pelo menos 91 pessoas, incluindo 20 crianças.
“Estou próximo das famílias de todos os que morreram no tornado de Oklahoma, em especial dos que perderam crianças pequenas. Juntem-se a mim na oração por eles”, pede Papa Francisco aos seus mais de seis milhões de seguidores na rede social Twitter, numa mensagem publicada ontem de manhã.
O Governo norte-americano já declarou o estado de catástrofe na região, onde os alertas de tornado se têm repetido.

 

 

                                                                                                                     J.A

 


 

Archivos

Ultimos Posts